terça-feira, 3 de maio de 2011

Expo 2010 Xangai: conheça os pavilhões da exposição chinesa

A exposição mundial de Xangai, na China, acontece até o dia 31 de outubro e tem exposições diplomáticas de diversos países com o tema “cidade melhor, vida melhor”. Conheça nesta galeria 12 pavilhões criados por escritórios de arquitetura de diversos países. Para conferir mais do pavilhão brasileiro clique aqui.
Pavilhão Brasil
O pavilhão do Brasil na Expo Xangai foi criado a partir de um galpão alugado pelo governo brasileiro. A fachada foi feita a partir de estruturas metálicas e trama de madeira certificada pintada de verde com proteção contra incêndio. O visual da fachada foi inspirado pelo trabalho dos irmãos Campana.
Pavilhão Alemanha
A proposta do pavilhão da Alemanha foi criar um espaço em que tudo fosse equilibrado. O projeto foi assinado pelo escritório de arquiteto Schmidhuber + Kaindl.
Pavilhão Austrália
O pavilhão da Austrália é todo curvilíneo e foi inspirado no conjunto de rochas australianas Ayers Rock, que é considerado um monumento nacional. O pavilhão foi feito de aço e a cor da fachada é variável de acordo com a temperatura de Xangai.
Pavilhão Áustria
O destaque do pavilhão da Áustria é a porcelana - utilizada na fachada e no interior do espaço de exposição. Projeto de dois escritórios de arquitetura: SPAN e Zeytinoglu Architects.
Pavilhão Canadá
A fachada do pavilhão do Canadá, que tem formato de C, foi construída de madeira de cedro vermelho. O interior do pavilhão foi uma co-criação do governo do Canadá e do Cirque Du Soleil, famosa companhia canadense de espetáculo.
Pavilhão Dinamarca
A exposição dinamarquesa foi criada para recriar a experiência de uma cidade da Dinamarca em que há espaço para ciclistas, pedestres e árvores. A estátua da pequena sereia foi levada de Copenhague para Xangai especialmente para a exposição.
Pavilhão Espanha
O impressionante pavilhão espanhol é feito de estrutura metálica e vime, nos tons de bege, marrom e preto. Criação do escritório de arquitetura Enric Miralles - Benedetta Tagliabue.
Pavilhão Finlândia
Criado pelo escritório de arquitetura JKMM, o pavilhão finlandês Kirnu está rodeado por um lago. O design do prédio foi inspirado pela natureza finlandesa.
Pavilhão Holanda
O pavilhão holandês é uma rua, chamada de Happy Street, que tem 26 casas pequenas em seus 400 metros. Criada em forma de oito, número de sorte na China, a estrutura é toda de palafitas e parece uma montanha russa suspensa


Pavilhão Reino Unido
Criado por Thomas Heatherwick, o pavilhão do Reino Unido foi feito de 60 mil dutos de fibra óptica, por onde a luz penetra no interior do espaço. À noite, a fibra óptica cria uma iluminação única no pavilhão.
Pavilhão Rússia
O pavilhão russo possui doze torres irregulares brancas, vermelhas e douradas que se unem a um prédio de 15 metros. Um dos mais marcantes da Expo Xangai, o pavilhão foi inspirado pelo conceito de cidade dos sonhos do escritor russo Nikolay Nosov.


Pavilhão Rússia
O espaço da Suíça na Expo Xangai representa a simbiose entre o urbano e o rural numa referência ao yin e yang chinês. Projetado pelo escritório de arquitetura Buchner Brundler Architects.
Fonte: http://casa.abril.com.br/coberturas/feiras-eventos/expo-2010-xangai-conheca-pavilhoes-exposicao-chinesa-560528.shtml#12

Nenhum comentário:

Postar um comentário